top of page
  • Paola Antony

Giro de Folia de Reis na Chapada dos Veadeiros.


Foi em uma sexta-feira de janeiro que uma folia inspiradora e diferente dos moldes tradicionais, realizada por um grupo de moradores e apreciadores da cultura popular, percorreu as ruas de São Jorge.

Jaqueline, uma das organizadoras da folia nos disse o seguinte: “em São Jorge, antigamente, quando cheguei aqui na década de 90, ainda girava uma folia de reis. Depois foi minguando. Acho que com o turismo, o crescimento da cidade, as folias foram minguando. E aí, há nove anos, a Marise, no dia de reis, chamou pra fazer uma cantoria na casa dela. A gente se empolgou com aquilo e no ano seguinte resolvemos fazer o cortejo pela vila. E pronto! Começou. Esse agora foi o nono ano dessa folia que começou seguindo o ritual da Folia de Reis de Milho Verde-MG. Isso porque o sanfoneiro, Guilherme, tinha morado em milho verde e trouxe de lá o roteiro da festa. Mas fomos acrescentando outras músicas ao repertório; a do Tim Maia marca a largada do cortejo; também tem a música de abertura da porta da casa que nos recebe e que tiramos de uma pesquisa que Décio Marques fez sobre folias. Tem também uma de Renato Teixeira e Sergio Reis que ficou conhecida com o grupo Baiano e novos Caetanos. Enfim, estamos sempre buscando variar o repertório a partir de referências variadas.

É uma folia que na verdade é uma Cantoria de Reis. Nós integrantes não somos de grupo tradicional da folia de reis. Gostamos da folia e resolvemos fazer um movimento para reavivar de forma criativa os antigos festejos que passavam por aqui. E parece que deu certo. O Sebastião, que é de família de foliões, nos disse que a Cantoria de Reis despertou nele a vontade de trazer de volta a folia de São Sebastião, que já tinha sumido de São Jorge”.

Marise, organizadora e mentora do festejo, esclarece que as casas em que passaram são de pessoas antigas do povoado que gostavam da folia, tanto que quiserem receber o cortejo. “São os mestres, são eles que detém esse saber ancestral e que é independente da igreja”, pontua Marise.

A crescente e vibrante retomada da Folia de Reis de São Jorge passou por 8 casas. Foram 7 horas de cantoria, relembrando ao povoado suas tradições, com respeito aos seus mestres e moradores antigos e apresentando a sabedoria popular aos novos moradores e visitantes desta mágica vila localizada a beira do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, no centro-oeste do Brasil.


A Rádio Eixo tem o patrocínio do FAC - Fundo de apoio à cultura do Distrito Federal.

22 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page